quarta-feira, 10 de agosto de 2011

biografia de cantores católicos

Cantor e compositor nascido em 29 de Julho de 1967 em Registro/SP, na baixada santista. Estudou técnica vocal na Fundação Cultural de São José dos Campos/SP onde reside. Participa da Missão Vida que possui o lema: "Nossa Missão é a Misericórdia". Gravou três CDs com a Banda Vida Reluz onde foi vocalista e atualmente segue carreira solo, gravando em português e em espanhol para América Latina, pela Gravadora Paulinas-COMEP. Dono de um carisma todo especial que já fez milhares de pessoas se emocionarem com suas canções: "Perfeito é quem te criou", "Abraço de Pai", "Coragem", "Em tua presença", "Celebra a Vitória" e outras. Preciosas inspirações que levaram a grandes nomes da nossa música católica a gravá-las em seus discos: Padre Marcelo Rossi, Padre Antônio Maria, Padre Fábio de Melo, Padre Zeca, Cantores de Deus, Adriana, Celina Borges, Ziza Fernandes e outros. Sua espiritualidade e seu jeito simples de falar das coisas do alto mostram a eficácia de uma música madura e que chega com facilidade aos ouvidos mais exigentes e necessitados de uma mensagem de amor e esperança. Há quem diga que Walmir Alencar é o cantor da Misericórdia Divina.
Adriana Paula de Almeida Arydes (Cruzeiro, 18 de abril de 1973), mais conhecida como Adriana é uma cantora e compositora de música católica do Brasil. começou a tocar e a cantar aos sete anos nas missas da capela Senhor Bom Jesus, em Cruzeiro, interior de São Paulo. A partir de 1997, passou a se apresentar como cantora e intérprete; gravou cinco CDs, um DVD. Em 2007 homenageou o Papa Bento XVI em sua visita ao Brasil, cantando no estádio do Pacaembu para mais de 40 mil jovens e neste ano de 2008 foi a única cantora católica a participar do DVD e CD do Padre Marcelo Rossi, “Paz Sim, Violência Não”. Uma das maiores vozes da música católica Adriana recebe no Hallel de Maringá, DVD de ouro, pela vendagem de 25 mil cópias e o Disco de ouro, por 50 mil cópias vendidas. Como palco, o Hallel de Maringá. Último show, para fechar o evento com chave de ouro, ou melhor, com CD de ouro! Adriana recebe das mãos da diretora artística da gravadora Paulinas-COMEP, Ir. Verônica Firmino, os prêmios DVD e CD de ouro. A cantora já recebeu o prêmio pelo CD "Lindo Céu", lançado em 2004, e pelo trabalho “Mais feliz”, de 2005 e segundo trabalho pela Paulinas-COMEP, entregue pelos seus pais na gravação do CD e DVD Adriana Ao Vivo. Já o DVD de ouro é o primeiro de sua carreira, aliás, também o primeiro da Gravadora.
começou a tocar e a cantar aos sete anos nas missas da capela Senhor Bom Jesus, em Cruzeiro, interior de São Paulo. A partir de 1997, passou a se apresentar como cantora e intérprete; gravou cinco CDs, um DVD. Em 2007 homenageou o Papa Bento XVI em sua visita ao Brasil, cantando no estádio do Pacaembu para mais de 40 mil jovens e neste ano de 2008 foi a única cantora católica a participar do DVD e CD do Padre Marcelo Rossi, “Paz Sim, Violência Não”. Uma das maiores vozes da música católica Adriana recebe no Hallel de Maringá, DVD de ouro, pela vendagem de 25 mil cópias e o Disco de ouro, por 50 mil cópias vendidas. Como palco, o Hallel de Maringá. Último show, para fechar o evento com chave de ouro, ou melhor, com CD de ouro! Adriana recebe das mãos da diretora artística da gravadora Paulinas-COMEP, Ir. Verônica Firmino, os prêmios DVD e CD de ouro. A cantora já recebeu o prêmio pelo CD "Lindo Céu", lançado em 2004, e pelo trabalho “Mais feliz”, de 2005 e segundo trabalho pela Paulinas-COMEP, entregue pelos seus pais na gravação do CD e DVD Adriana Ao Vivo. Já o DVD de ouro é o primeiro de sua carreira, aliás, também o primeiro da Gravadora.
Celina Isaura Borges Denilli(Belo Horizonte 30 de Outubro de 1964)Filha de musicista inicicou na musica com apenas 13 anos de Idade como professora de piano junto com sua mãe.Aos vinte anos de idade,com a Renovaçao Carismatica Catolica Iniciou sua carreira com animação de grupos de oração e condução de ministerio de música Currículo musical Em 1996 lança seu primeiro CD, o "Deixe-me Nascer", sendo divulgado primeiramente em sua cidade, Belo Horizonte, passando depois para outros estados brasileiros. Em 1998, o CD "Chuva de Outono" é lançado, onde ela faz um trabalho missionário em Nova York e divulga por lá o seu segundo CD. Em 2000 lança o CD "Tributo ao Grande Amor" e divulga o terceiro trabalho na Itália, onde faz um clipe para a música "Fé e Razão". Em 2003 é lançado o quarto CD da cantora: "Diamante Lapidado". Um dos mais vendidos CD's da mesma. CD que teve várias participações especiais como: Dom Alberto Taveira Corrêa, Pe. Roberto Lettieri, Pe. Jonas Abib e Pe. Fábio de Melo. Um ano depois, lança seu quinto CD, intitulado de "Backstage Intimidade", que é uma coletânea dos seus três primeiros CDs, que tem também uma música inédita. Fez uma turnê em Portugal e em dezembro de 2005 lança seu sexto CD, o "Ânima". Que foi destaque na música católica com a canção "Derrama o Teu Amor Aqui" de autoria de Jorge Mongó. Em 2008 acaba de lançar seu sétimo CD intitulado Alegria e Mística que perpassa pela história dos santos da Igreja, mostrando a possibilidade de intimidade com Deus mística. Este Cd possui uma qualidade musical inigualável.Fábio José de Melo Silva, mais conhecido como Padre Fábio de Melo, SCJ (Formiga, MG, 3 de abril de 1971) é um sacerdote católico, artista, escritor, professor universitário e apresentador brasileiro, pertencente originalmente à Congregação dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus. Atua na Diocese de Taubaté no interior do Estado de São Paulo. Como cantor, gravou oito discos pela gravadora católica Paulinas-COMEP, um pela gravadora Canção Nova, um projeto independente (Tom de Minas). Seu primeiro disco por uma gravadora secular, Vida, foi lançado pela LGK Music e pela Som Livre, com quem continua gravando, já tendo lançado mais dois discos (Iluminar e Eu e o tempo - CD e DVD) até o fim do ano de 2009. Ao todo, Fábio de Melo já vendeu mais de 2 milhões de cópias de CDs (1,8 milhão apenas na Som Livre), além de 500 mil livros. Como professor universitário, lecionou teologia na Faculdade Dehoniana de Taubaté. Atualmente apresenta o programa Direção Espiritual transmitido pela TV Canção Nova todas as quartas-feiras às 22h, com reprises aos sàbados às 20h e na madrugada de segunda 1h da manhã.Padre Fábio José de Melo Silva nasceu na cidade de Formiga (Minas Gerais), no dia 3 de abril de 1971. Tornou-se nacionalmente conhecido por seu trabalho como comunicador: sua obra compõe-se de 6 livros publicados e também de 11 CDs que, juntos, venderam mais de 1,8 milhão de unidades. Mestre em antropologia teológica, foi ordenado em 2001 e atua na diocese de Taubaté, interior de São Paulo. Ele é o caçula dos oito filhos do pedreiro Dorinato Bias Silva e da dona-de-casa Ana Maria de Melo Silva.O sacerdócioApós 18 anos de formação e estudos em seminários, no dia 15 de Dezembro de 2001, em sua cidade natal, na Igreja Matriz de São Vicente Ferrer, foi ordenado sacerdote pela oração consecratória da Igreja e imposição das mãos do Arcebispo Metropolitano de Palmas, Tocantins, Dom Alberto Taveira Corrêa.O padre Maurício Leão teve grande influência na sua vida de seminarista, levando-o para o seminário de Lavras. Em sua vida sacerdotal, tem como referência os padres Zezinho, Joãozinho e Léo Tarcísio.Padre Fábio de Melo fez o primeiro grau na Escola Estadual Abílio Machado, em Formiga (MG), e o segundo grau no colégio Nossa Senhora de Lourdes, em Lavras (MG). Formou-se em Teologia na Faculdade Dehoniana de Taubaté, com diploma emitido pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, e em Filosofia na Fundação Educacional de Brusque, em Santa Catarina.Fez pós-graduação em educação no Rio de Janeiro e mestrado em Belo Horizonte, junto aos jesuítas, no Instituto Santo Inácio – ISI (FAJE: Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia).Em seguida, retornou a Taubaté, para lecionar na área de Teologia Fundamental e Sistemática, na mesma faculdade em que havia se formado.
A poesia e a música Tendo como referencial o Padre Zezinho, scj, precursor dos padres cantores desde a década de 1960, padre Fábio de Melo lançou seu primeiro CD, em 1997, com o título "De Deus um cantador". Em seguida "Saudades do Céu", com a participação de diversos artistas católicos, reunindo os cantores de sua congregação, como padre Zezinho e padre Joãozinho, incluídos no CD "Canta coração", um tributo ao Sagrado Coração de Jesus. Ao receber a ordenação diaconal, compõe "As estações da vida", que viria a ser a música de abertura de suas apresentações ao vivo, especialmente depois do lançamento do DVD Eu e o Tempo. Já ordenado padre, em 2003, traz ao mercado o seu mais novo trabalho, "Marcas do eterno".No ano de 2004, envereda por um projeto independente, o disco "Tom de Minas", de conteúdo autoral, que homenageia nomes e lugares de seu estado natal: Minas Gerais, contando com a participação do cantor e compositor popular Paulinho Pedra Azul, do qual resulta um show na capital, Belo Horizonte, com o nome "Minas e Outros Tons". Reportagem; O retorno aos temas ligados a sua formação, fazem parte do CD Humano Demais em 2005, que contém canções de sua autoria e de outros compositores da música católic Em 2006, celebrando seus 10 anos de atuação na música católica, decide-se por um trabalho que inclui além de algumas de suas composições, diversas conhecidas canções "sertanjeas", numa homenagem a suas origens e a seu pai, que também cantava e tocava viola caipira.O CD de 2007, Filho do Céu, primeiro fora das Paulinas e agora pela Canção Nova, fala de vivencias pessoais e daqueles que se foram, como o Padre Léo Tarcisio, seu formador, durante o seminário e grande amigo e do cantor e compositor Robson Jr., dos Cantores de Deus e seu melhor amigo, ambos mortos na mesma época, vítimas de câncer. Lançado no mesmo ano, o CD Enredos do Meu Povo Simples retoma a ideia já experimentada em "Zé Da Silva", com canções sertanejas, apresentando as que ficaram fora do outro projeto.No ano de 2008 o padre Fábio de Melo lançou seu primeiro CD pela gravadora Som Livre - "Vida" - trabalho que o tornou conhecido nacionalmente, através das diversas participações em programas na TV aberta. Dando continuidade ao seu trabalho de evangelização através dos meios de comunicação social lançou em 2009 o CD "Iluminar" e pouco tempo depois "Eu e o Tempo". Discografia  Álbuns de inéditas 1997 - De Deus um cantador (Paulinas-COMEP1999 - Saudades do céu (Paulinas-COMEP) 2001 - As Estações da Vida (Paulinas-COMEP) 2003 - Marcas do eterno (Paulinas-COMEP) 2004 - Tom de Minas (Independente) 2005 - Humano Demais (Paulinas-COMEP) 2006 - Sou um Zé da Silva e Outros Tantos (Paulinas-COMEP) 2007 - Filho do Céu (Canção Nova) Enredos do meu povo simples (Paulinas-COMEP) 2008 - Vida (LGK Music, Som Livre) - 1.200.000 cópias 2009 - Iluminar (Som Livre) - 400.000 Copias 2010 - Iluminar Ao Vivo (Som Livre) - 200.000 Copias  Álbuns ao Vivo 2009 - Eu e o Tempo ao vivo (LGK Music, Som Livre)  2010 - Iluminar ao vivo (Som Livre)  DVDs 2009 - DVD Eu e o Tempo (LGK Music, Som Livre) 2010 - DVD Iluminar ao vivo (Som Livre)  Coletâneas 2000 - Canta Coração (Paulinas-COMEP) 2007 - Grandes Momentos (Paulinas-COMEP) 2008 - Coletânea Padre Fabio De Melo (LGK music, Som Livre)
2009 Grandes Momentos 2 (Paulinas-COMEP) Grandes Sucessos Vol.1 - Vários Artistas (Paulinas-COMEP) Grandes Sucessos Vol.2 - Vários Artistas (Paulinas-COMEP) 2010 - Pe. Fábio de Melo - Coletânea Série Ouro - CD em comemoração dos 50 anos da Palinas-COMEP (Paulinas-COMEP
2007 Enredados ao Vivo Vol. 1 - Enredados Brasil (Adriana, Ziza Fernandes, Pe. Fábio de Melo, Dunga, Martin Valverde e Migueli) (Solo Sagrado Produções e Eventos) Enredados ao Vivo Vol. 2 - Enredados Brasil (Solo Sagrado Produções e Eventos) DVD Enredados ao Vivo - Enredados Brasil (Solo Sagrado Produções e Eventos) Participações em CD 2005  - Mais Feliz - Adriana (faixa 12 - "Nossa Missão"); 2007 - Adriana Ao Vivo - Adriana (faixa 12 - "Humano Amor de Deus");  2008 - Perseverar - Adrielle Lopes (faixa 6 - "Milagre"); 2009 -Tudo Posso - Celina Borges (faixa 10 - "Lava-me"); - Coração sem abrigo - Andre Leonno (faixa 11 - "Contrários"); - Milagres - Adriana - (faixa 03 - "Milagres"); - Typ Vox - Typ Vox (faixa 10 - "Alma de Adorador"); 2010 - Molda-me - Dalvimar Gallo (faixa 10 - "Volta pra Casa"); - Tudo Passa Pela Cruz - Olívia Ferreira (faixa 7 - "Cuidas de Mim"); - 30 Anos Ao vivo - Roupa Nova (faixa "A Paz") 2011 - 30 Anos - Paulinho Pedra Azul (faixa 3 - "Ave Cantadeira") Participações em DVD 2007  - Adriana Ao Vivo - Adriana - (faixa 12 - "Humano Amor de Deus");  2010 - Raízes ao Vivo - Daniel - (faixa 11 - "Só o amor"); - Roupa Nova - 30 anos - Roupa Nova - (faixa 11 - "A Paz"); 2011 Em Santidade - (Ministério Adoração e Vida) - ( Faixa 9 - "A esperança chegando" ) Livros2006 - Tempo: saudades e esquecimentos - Paulinas-COMEP - ISBN 853560989X 2007 - Amigo: somos muitos, mesmo sendo dois - Editora Gente - ISBN 978-85-7312-584-9 2008 - Quem Me Roubou de Mim? - Canção Nova - ISBN 97-885-7677098-5 2008 - Mulheres de aço e de flores - Gente - ISBN 97-885-7312610-5
2008 - Quando o sofrimento bate a sua porta - Canção Nova - ISBN 97-885-7677122-7 2009 - Cartas entre Amigos - sobre medos contemporaneos com Gabriel Chalita - Ediouro - ISBN 97-885-6030302-1
2009 - Mulheres Cheias de Graça - Ediouro - ISBN 9788500330223 2010 - Cartas entre Amigos - sobre ganhar e perder com Gabriel Chalita - [Editora Globo] - ISBN 8525048402 Prêmios 2009 - I Troféu Louvemos o Senhor: Melhor Interprete Masculino de 2008 Destaque do Ano de 2008 2010 - Troféu Melhores do Ano do Domingão de Faustão: Melhor Cantor  II Troféu Louvemos o Senhor: Melhor Interprete Masculino de 2009 Destaque do Ano de 2009 Melhor Compositor de 2009 Melhor Música de 2009 Para Santa Missa por "Incendeia minha alma" - Compositores: Rogério e Júlio Cesar Melhor Música do Ano por "Tudo é do Pai" - Compositor: Frederico Cruz Davidson Silva nasceu a 04 de Maio de 1977. Desde a infância, munido de um forte dom musical começou a participar dos concursos de rádio na cidade de Belo Horizonte. Na adolescência integrava o coral da Paróquia e do Colégio onde estudava. Aos 16 anos ingressou no “Coral Bone Yesu”, sob a regência do maestro Edson dOliveira de quem recebeu conhecimentos e direcionamentos técnicos mais consistentes, e com quem fez várias apresentações pela Europa. Pouco mais tarde convidado pela cantora Celina Borges, como backing vocal e fazendo duetos com a mesma, percorreu todo o Brasil e até o exterior, como Canadá e Estados Unidos em vários shows.
Em 2003, Davidson Silva ingressou na “Comunidade de Aliança Shalom”, e a partir de então direcionou sua vida para a contemplação, vida fraterna e apostólica segundo o carisma de sua vocação. Sua missão de evangelizar através da música ganhou um novo sentido e amplitude: levar o Shalom do Pai a todos os corações sedentos de Deus, necessitados de sua paz e de sua misericórdia. Davidson lançou em julho de 2005 seu primeiro CD solo, Águas Profundas. É considerado na atualidade uma das vozes mais bonitas da Música Católica. primeros estudios en el Colegio Salesiano Don Bosco, donde inicia su amor y vocación por los jóvenes y por la música.Durante su preparatoria, Martín muestra su capacidad de liderázgo desempeñándose como dirigente estudiantil; ingresa a la escuela clásica de Guitarra en San José y mas tarde al Conservatorio de la Universidad de Costa Rica donde estudia guitarra clásica y composición. De hecho, la guitarra es su mejor amiga durante esos años. En 1979 forma su primer banda musical con un grupo de la U.C.R. tocando música contemporánea. En 1980, Gretel, su hermana menor, tiene un encuentro personal con Dios y empieza su batalla por la conversión de Martín. Este mísmo año, su madre tiene una milagrosa Recuperación de Cáncer en la matriz del que estaba desahusiada. Este es el empujón final que lleva a Martín a acercarse a Dios. Accede a visitar el grupo de su hermana y durante un campamento cristiano tiene su propio encuantro personal con Dios. "Fue una entrega -comenta Martín- sin filosofía ni reglas". A partir de entonces empieza a componer canciones sinceras de un hombre a su Creador y mayor Artista. Tras un año de separación de su Banda, cuatro de los seis músicos deciden formar una segunda, ahora con orientación cristiana. De esta manera nace Dynamis, que hoy es un ministerio vanguardista de promoción y producción artística de músicos católicos en América Latina, del cual Martín es director. Martín llega a México D.F. el 2 de agosto de 1984 invitado por el P. Alonzo Navarro Msp. donde participó durante dos años en la obra SINE (Sistema Integral de la Nueva Evangelización). Ahi conoce a Lizzy, con quien se casa en 1986. En 1989 es invitado a colaborar en la capacitación de músicos para la evangelización y formación de líderes juveniles en la oficina latinoamericana de Evangelización 2000, con sede en Guadalajara. México representa el tercer eslabón de cambio en su carrera y su plataforma para el resto de América Latina. Los otros dos: La Congregación Salesiana y el Movimiento Ecuménico Juventud Nueva. Compositor de canciones como: Nadie te ama como Yo, Gloria, Con y por amor, Te alabo, Gracias Padre, Amense, entre otras. Cuenta hasta la fecha con 12 álbumes grabados y numerosos proyectos por realizar. Actualmente Martín radica en la ciudad de Guadalajara Jalisco junto con su esposa y sus tres hijos; Martín Gerado, Daniela María y Jorge Pablo, dedicándose a ofrecer conciertos de evangelización por toda América Latina, Europa y Estados Unidos. Biografia Francisco José dos Santos, conhecido desde pequeno como Dunga, nasceu em Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba, interior de São Paulo, no dia 2 de março de 1964. Filho do Sr. Francisco dos Santos e da Sra. Maria Benedita de Lima Santos, viveu sua infância na fazenda Coruputuba, que quer dizer “Cemitério dos índios”. Neste local havia escola, Igreja, cinema, campo de futebol, clube náutico, armazém, feira e a fábrica onde os seus pais trabalhavam. Foi nessa época que percebeu, pela primeira vez, que a música faria parte da sua vida. Quando completou seis anos, sua irmã mais velha, “Fia”, deu-lhe de presente um disco dos Beatles, um compacto simples, e ele imediatamente começou a cantar junto com seu primo “Di”. Certo dia, no galinheiro, fez uma bateria de latas de tinta, microfones de cabo de vassoura, guitarras de madeira com cordas de arames bem fininhos, e do puleiro fez uma arquibancada e também um palquinho... ali nasceu o ministério de música. Dando um pequeno salto na história, vamos para a década de 1980, quando começou a se encantar com a Neia, que veio a se tornar a sua esposa. Ele chegou a namorá-la, mas o relacionamento não durou muito tempo, pois nessa época infelizmente Dunga experimentou as drogas e durante quatro anos não construiu nenhum relacionamento sério. Foi uma etapa difícil para Dunga, que se envolveu com drogas, bebidas, prostituição e baladas que o faziam ausentar-se cada vez mais de sua casa. Mas, aos dezoito anos, teve o seu encontro pessoal com Jesus e tudo mudou na sua vida. Mudou de tal maneira que começou a dar frutos, como nunca, nos mais diversos campos: trabalho, amizades, espiritualidade, família, esportes e principalmente, no campo castidade, que ele então descobrira. Cresceu profissionalmente, tornando-se um profissional da mecânica. Era animador de grupo de oração e, na época já casado com Neia, teve seu primeiro filho, Felipe. Quando estava no melhor momento financeiro, social, religioso e familiar, recebeu o convite para morar na Canção Nova. Começava então sua trajetória como missionário da Comunidade Canção Nova, na qual viria a se tornar um grande evangelizador da juventude, especialmente com o movimento PHN (Por Hoje Não vou mais pecar). Dunga ingressou na Comunidade Canção Nova em 1991. Ele e sua esposa Benedita Edinéia Peixoto dos Santos (Neia) são casados há 23 anos e têm três filhos: Felipe, Priscila e Ana Carolina.
Dunga cumpre a missão de evangelizar por meio da música. Cantor católico, compositor, pregador, apresentador de programa de TV e WebTV, locutor de rádio e escritor. Hoje é um dos ícones para a juventude e um grande anunciador da bandeira do PHN (Por Hoje Não vou mais pecar). Participa de acampamentos de oração, encontros religiosos, congressos e peregrinações por todo o mundo. Exercendo seu ministério de pregação e música, já esteve em todos os estados do Brasil, inúmeras cidades e vários países da Europa e América. Seu principal foco é o trabalho com a juventude. Suas pregações e músicas buscam levar os jovens a um profundo encontro de conversão. Missão Dotado de uma personalidade moderna e irreverente, Dunga é o representante da evangelização jovem na Canção Nova e, da sede de santidade e vontade de fugir do pecado vista na juventude, idealizou a marca PHN (Por Hoje Não vou mais pecar), bandeira que vem arrastando multidões de jovens que, convictos da verdade estampada nesta ideologia, acompanham seus shows pelo Brasil e por países que já receberam o músico, como: Alemanha, Japão, Inglaterra, Itália, França, Portugal, Paraguai, Canadá, Estados Unidos, Turquia, Grécia e Austrália. "Para mim, o PHN é uma experiência de Santidade vivida no cotidiano. O ontem já foi e o amanhã será melhor. A cada dia o seu cuidado, como diz Jesus, deixemos as preocupações para amanhã. Nós temos que viver o dia a dia, porque foi o dia a dia que fez os grandes santos", define Dunga. "A minha afinidade com os jovens se dá justamente, quando olho para um deles, que me narra um pecado ou uma falha ou uma queda e me recordo da minha própria juventude. É como se eu me visse chegando na igreja pela primeira vez, drogado e prostituído, e saindo de lá batizado no Espírito Santo!”Carreira Ao longo destes anos de missão, Dunga foi se reafirmando no ministério de Música. Hoje, tem gravados nove CDs:
Pense Bem Deus Existe Restauração Água Humilde Dunga 10 Anos (ao vivo) Foi Assim Dunga na Pista (remix) Dunga 15 Anos (ao vivo) Transfiguração Dunga ElectroAcusticoGravou também dois DVDs, um com imagens inéditas de grandes festivais, shows, galeria de fotos, clipes, entrevistas com legendas e narração em inglês, espanhol e português, chamado Dunga – ao vivo, e o seu mais novo DVD, Dunga Eletroacústico. O missionário também fala aos jovens através de quatro obras escritas, publicadas pela Editora Canção Nova: Sementes de Uma Nova Geração Jovem, o Caminho se Faz Caminhando Sexualidade e a Cura da Nossa Afetividade Abra-se à Restauração PHN O PHN surgiu da experiência adquirida por Dunga nas visitas a presídios, Febem, asas de apoio ao portador de vírus HIV, além de sua própria história de vida. A idéia ganhou força quando Dunga ouviu uma palestra em que padre Jonas Abib, fundador da comunidade Canção Nova, falava aos jovens. Desta marca, surgiu ainda o Programa 'PHN', que vai ao todas as terças-feiras, às 22h00, pela TV Canção Nova.
Nelsinho Corrêa é um diácono da Igreja Católica e cantor da Música Católica Popular. Pertence ao ramo da Renovação Carismática Católica e é consagrado da Comunidade Canção Nova.Biografia
Nasceu no dia 13 de maio de 1960 em Piquete, SP, filho de Nelson e Maria Rosa. Nelson era músico: sabia tocar cavaquinho, bandolim e percussão. Desde pequeno, já pensava em ser sacerdote. Cursou Filosofia, e, antes de cursar Teologia, conheceu quem seria sua futura esposa: Márcia. Desistiu do sacerdócio e casou virgem, aos 32 anos. É pai de três filhos: Lucas, Gabriel e Miriam D'Angelo. Posteriormente, sentiu-se chamado ao primeiro grau da Ordem, tendo sido ordenado diácono em 2001. Comunidade Canção Nova Conheceu o Padre Jonas Abib em Junho de 1975, num retiro chamado Maranathá, na Fazenda Morada do Sol em Areias, SP. Nesse encontro, prefiguração da Comunidade Canção Nova, o padre animava o encontro tocando violão. Filho e neto de pais seresteiros, logo estava com seu violão tentando acompanhar o padre Jonas. Desde 1983 é consagrado da Comunidade Canção Nova.Seu lado de compositor foi aflorando de maneira natural, sem maiores pretensões. Compôs muitas músicas que padre Jonas gravou; trabalhou também na produção e direção de vários CDs da Canção Nova.Em 1993, se lançou em carreira solo, gravando o LP Ele Me Ama, famoso pela canção homônima e por "Amigo Certo". Em 1995, lançou o LP Quero Te Amar, famoso pelas canções "Mãe da Providência" e "Apartheid No".Quero Te Amar posteriormente foi lançado em CD, trazendo este LP na íntegra e aquele com pequenos cortes nos fins das músicas. Em 1998, gravou mais um CD, Deus É +, que fez bastante sucesso com a canção homônima.Depois de um acidente que quase lhe tirou a vida, ficou seis anos sem gravar disco, mas continuou compondo. Em 2004 grava o CD Quem Me Segurou Foi Deus, que vendeu 125 mil cópias até junho de 2007.Em 2005, tendo seu último disco vendido já 66 mil cópias, decide relançá-lo com uma faixa bônus: Por que não Vens a Mim?.No dia 3 de Julho de 2008, gravou um DVD.

CANTOR COSME - "DE TRAFICANTE A EVANGELIZADOR"

CANTOR COSME CHEGA À CIDADE DE BREVES PARA O SHOW CATÓLICO "JUB-LUZ"
Com motivo dos 23 anos de caminhada do grupo JUB (Juventude Unida Brevense) e como ato para dar graças a Deus, os jovens convidaram ao cantor COSME para realizar um show em nossa cidade. Ele, aproveitando que tinha outro show na capital, aceitou o convite e muitas pessoas tiveram a sorte de assistir a esta grande catequese que “JOSÉ” repassa cada vez que canta. Por isso é bom saber um pouco mais de nosso irmão José COSME de Oliveira, exemplo vivo, milagre atual no que Deus manifesta, de novo, seu amor de Pai para com todas suas criaturas. Cosme nasceu o dia 20 de Agosto de 1960. De família muito pobre. Seu pai alcoólatra e sua mãe emigrante do interior de Rio de Janeiro para a capital. Cosme tem 12 irmãos, ele é o 7º. A fome era amiga fiel de esta família e também os maus tratos do pai com sua mãe e com seus irmãos. Tentando esquecer a realidade cruel em casa e a fome, Cosme se inicia nas drogas. Ao principio só maconha, mais tarde também cocaína. Para pagar o vicio vira traficante e é chamado de “Caveirinha”. Dirige o trafico nas favelas de Parada de Lucas, Vigário geral e Divinéia. Ajudou a formar o conhecido grupo “Comando Vermelho” e assim participou em mortes, tiroteios, furtos, abusos sexuais... Nos conta que faturavam R$ 30.000,00 por mês e que tinha carros, motos e algumas casas.Aos 19 anos aconteceu um fato que marcou a vida de nosso irmão: fugindo da policia se jogou num esgoto e seus colegas o deixaram para trás. Lá passou sete horas e quase morreu afogado na porcaria. Sem dúvida Deus estava já avisando do que poderia acontecer se continuava por esse caminho. Os avisos de Deus não pararam por aí. Um pouco mais tarde ficou sem lar devido a um deslizamento de terra. Sua mãe salvou a todos seus irmãos, mas ficaram na rua. A paróquia Nossa Senhora da Gloria acolheu e ajudou a eles. Deus estava entrando devagar na vida de Cosme.Os problemas não pararam por aí. A mãe, abandonada pelo marido, tinha que dar de comer a seus doze filhos. A única saída, a prostituição. Trabalhava num local chamado “Pisa na barata”, vendia seu corpo para comprar pão para seus filhos.Aos 20 anos, Cosme participa num encontro na paróquia e 1980 foi o ano da conversão de Cosme. Já convertido, entrou na cadeia, condenado a uma pena de oito anos. Por bom comportamento saiu quando tinha cumprido quatro anos e três meses.
Uma vez pagas as sua dívida com a sociedade virou um autentico missionário.
O primeiro foi tirar a sua mãe da prostituição e conseguiu.Atualmente é funcionário público, está casado com Claudia e tem dois filhos: Filipe e Mariana. Já gravou três Cd´s e este ano de 2010 sairá um DVD chamado “A explosão da pipoca”.Cosme usa o que ganha com a realização de shows em um projeto chamado “Restaurando Vidas” em favelas do Rio de Janeiro, ajudando pessoas envolvidas com drogas a se recuperarem.
AIBR. Cosme Motta por Cosme Motta. Quem é?Cosme: Nossa essa pergunta é difícil, bem disse Calainho….sou “paradoxal” rs, Cosme é esse cara meio inovador, meio tradicional, meio sóbrio, meio louco, meio exagerado, meio moderado…rs acho que a cada manhã me desconheço mais um pouco…minha personalidade é como meu gosto musical e sou realmente eclético, acordo ouvindo Maria Bethânia e durmo ouvindo Beyoncé… Então vou me resumir pelo que falam de mim, e dizem que sou divertido, simpático e amigo – risos – então acredito nos outros mas minha mãe nunca disse que eu era bonito! Queria ter ouvido isso (trauma)- e mais risos.AIBR. Em algum momento diante das dificuldades que qualquer artista iniciante enfrenta você já pensou em abandonar a música?Cosme: Viver de musica hoje em dia é realmente muito difícil, é preciso trabalho, muito trabalho e com certeza em muitos momentos na minha vida eu pensei em desistir, mas não poderia, ia fazer o que da vida? Morreria de fome (risos).AIBR. Muitos fãs do programa e seus ficaram meio revoltados com o resultado do Top 12 masculino, pelo fato de alguns candidatos terem sido aprovados e outros não. Você como cantor, como se sente vendo muitas vezes pessoas que tecnicamente são bem inferiores, erraram bastante passando e você e outros não, fica a sensação de injustiça ou apesar da tristeza dá pra colocar a cabeça no lugar e saber que quem decide é o gosto popular independente da qualidade musical que esta sendo aprovada? Como você se sentiu?Cosme: O publico brasileiro e muito eclético, mas não me senti injustiçado, porque pra todos que estavam ali era uma oportunidade muito boa, mas pra alguns era uma oportunidade única de mostrar seu trabalho, eu continuo trabalhando e correndo na frente, porque correr atrás não dá mais (risos) e não vou parar, na hora fiquei tão feliz pelos amigos que passaram que não consegui chorar por mim, só caiu à ficha no dia seguinte, mas isso é apenas mais um teste de muitos que todos os que trabalham duro tem que passar, a diferença é que o resultado e dado em rede nacional!!! (risos)AIBR. Você achou em algum momento que iria perder?Cosme: Sim, quando só tinha uma vaga e Julio ainda não tinha sido chamado eu já tinha certeza que tinha perdido…AIBR. Você acha que a confiança no seu talento e a certeza de sua vitoria por parte de seus fãs pode ter ajudado ao resultado negativo?Cosme: Acho que isso pode ter afetado sim, porque alguns até confessaram que não votaram tanto porque acreditaram que com certeza eu seria aprovado.AIBR. No Workshop você cantou “Quando a chuva passar” de Ivete Sangalo, muitos comentaram que essa musica já estava muito manjada nas edições anteriores do programa. Se você tivesse atentado pra esse fato teria mudado de escolha? Teria arriscado mais?Cosme: Não, não mudaria minha escolha, acredito que cada cantor traz sua interpretação, sua identidade enquanto canta mesmo cantando musicas repetidas, considero esta música muito boa e músicas boas sempre serão repetidas em programas musicais, então não mudaria minha escolha…AIBR. Tem historias que parecem se repetir, ano passado o Saulo foi muito elogiado, muita expectativa e ele saiu rápido, esse ano foi com você. Você pretende tentar novamente ou vai continuar trabalhando por fora e Ídolos já passou?Cosme: Continuo trabalhando e trabalhando muito por sinal, acho que o Ídolos e uma excelente oportunidade de divulgação pra todo artista, então tudo vai depender de como estará minha carreira ano que vem!!! Como disse Natalia Moraes minha grande amiga de fortaleza que saiu na fase dos Workshops “Sou ruim, ano que vem tento de novo!!”. Rsrsrs. Mas realmente ainda não sei…AIBR. Você acha que a edição pode ter te atrapalhado? Já que frisou um pequeno erro na fase do teatro e nos workshops te deixaram por último, começando a cantar logo apos um intervalo comercial.Cosme: Mais ou menos, tive a oportunidade de conversar com um dos editores e ele falou sobre isso, mostrar muito meu erro fez com que as pessoas que estavam torcendo por mim pensassem que eu não iria passar e muitos que ainda não torciam ficaram curiosos pra saber, isso chama atenção, ouvi uma frase que marcou minha vida: “Quem não é visto não é lembrado!”, é lógico que não gostei porque só mostraram o erro e não mostraram mais nada. Eu só errei aquela parte mais cantei o restante da musica, entretanto gostei porque acabei aparecendo mais (Gargalhada), quanto a ter ficado por ultimo nos Workshops, foi bom porque tive destaque e ruim por causa do horário do programa que passa muito tarde e alguns não têm paciência pra assistir ate o final. Essas coisas têm seus prós e seus contras!!!AIBR. Como é dividir o palco com a cantora Adriana?Cosme: Hoje já considero a Dri como uma amiga, é um elo quase familiar, não só com ela, mas com toda a banda que a acompanha e por isso e sempre maravilhoso dividir o palco com ela, agradeço a Deus pela vida dela e pela oportunidade que me deu de cantar com ela em seu DVD, que por sinal fez com que muitas pessoas já me conhecessem por todos os cantos do Brasil bem antes do Ídolos, ate alguns candidatos me reconheceram na fase do teatro. Achei isso bem legal.AIBR. Quais suas influencias musicais? E quais seus ídolos?Cosme: Tenho muitas influencias musicais, cresci ouvindo de tudo, minha casa era uma loucura, minha mãe ouvia musica clássica, meu pai ouvia samba, minhas irmãs(tenho duas mais velhas) ouviam rock e pop rock dos anos 80 e minha madrinha, passava muito tempo na casa dela, ouvia blues, jazz e soul então cresci com essa mistura na cabeça, dá pra imaginar?!! Não né rsrsrs!! Mas falando de Ídolos tenho que destacar alguns da musica internacional como Stevie Wonder e Whitney Houston e da musica nacional como Tom Jobim, Elis Regina e Gal Costa, poderia ouvir isso o dia todo !!!kkkkkkkAIBR. Existe alguma canção especial, aquela que te marcou em algum momento de sua vida?Cosme: Minha vida tem uma trilha sonora muito grande, mas vou ressaltar duas musicas que marcaram momentos diferentes “I Don´t want to” de Toni Braxton e “Because you loved me” de Celine Dion  sofrimento e amor incondicional em mais alto estilo. (muitas risadas)AIBR. Já acompanhou Ídolos ou American Idol? Pra quem já torceu?Cosme: American Idol não acompanhei, confesso que quase não vejo tv, mas o primeiro Ídolos no SBT acompanhei todo porque era novidade, torci pra Giovana Felix, na segunda edição do programa ainda no SBT torci pra Shirley Carvalho que já acompanhava a muito tempo, confesso que depois do segundo lugar de Shirley estava desanimado pra ver a versão da Record em 2008, mas quando ouvi Rafael Bernardo comecei a assistir novamente mas não vi todo porque estava meio sem tempo.AIBR. Como foi depois do resultado? Quais as reações dos eliminados? E você, demorou para cair a ficha?Cosme: Todos que não passaram ficaram tristes, alguns choraram, eu fiquei tranqüilo e tentei consolar alguns. Alguns dos candidatos que passaram ficaram revoltados por eu não ter passado. Minha ficha só caiu no dia seguinte.AIBR. Algo mudou após o programa? Já foi reconhecido nas ruas?Cosme: Nossa muita coisa muda quando se aparece na Tv rsrs mesmo por pouco tempo, muita gente nas ruas, shoppings, em todo lugar onde vou me reconhecem, esse carinho e reconhecimento é muito bom e faz tudo valer a pena.AIBR. Dos candidatos que estão hoje na final, qual em sua opinião é o favorito musicalmente e qual você acha que é o favorito do publico independente da qualidade?Cosme: Bom, musicalmente eu preciso ressaltar dois, Diego Moraes e Priscila Borges quanto a ser favorito do publico também preciso ressaltar dois, Saulo Roston e Hellen Lyu.AIBR. Qual momento ou o que nunca se esquecerá dessa experiência no Ídolos?Cosme: A fase do elevador acho que nunca passei por um momento de tanta tensão.AIBR. Você é um artista jovem, tem uma leveza na voz e possui todo um aprendizado teórico na música. Você já se considera totalmente preparado para a carreira?Cosme: Jamais, na música nunca estamos totalmente preparados, sempre tem algo novo a se aprender, sempre existe alguém melhor que você pra te ensinar novas coisas, pra mim a carreira de um musico acaba quando ele pensa “já aprendi tudo!”AIBR. Para finalizar, o que você pretende fazer agora, já tem algo em mente, o que seus fãs podem esperar?Cosme: Bom, parar de trabalhar NUNCA, já estou em estúdio gravando meu primeiro CD e minha primeira musica já esta na Internet, através do site www.cosmemotta.com a galera pode conferir, a musica se chama “Antes que o Sol se ponha” e é de minha autoria, até o final de outubro postarei também um vídeo com um making off das gravações desta música. Antes do final desse ano ainda estarei em algumas cidades do Brasil divulgando o meu trabalho solo e em novembro já confirmei presença em Fortaleza cantando com Natalia Moraes e Phelipe Carvalho, continuo cantando com a Adriana e fazendo alguns eventos aqui no Rio. Quero agradecer a todos pelo carinho e apoio que já tem me dado, estou muito feliz, não porque ganhei mais fãs, mas ao invés disso fiz novos amigos que estarão comigo pro resto da minha vida… MUITO OBRIGADO e TAMU JUNTO!!!
Ouça aqui a nova música de Cosme Motta:

Nenhum comentário:

VIDEOS

Loading...

CONVERSOR DE PDF

Send articles as PDF to